top of page

O limiar da frequência auditiva

Atualizado: 19 de jul. de 2019


As ondas sonoras cobrem uma vasta área de frequência, desde frações de um Hz até milhões de Hz. Alguns animais, como os morcegos, gatos, cachorros e delfins, possuem uma audição acurada, que se estende até 200.000 Hz ou mais.


O ouvido médio humano, contudo, responde a uma área limitada de frequências. Quando mencionamos "som", referimo-nos a essa frequência limitada de percurso.


A maioria das pessoas não pode detectar os sons com frequência inferior a 20 Hz, ou em alguns casos, inferiores a 17 Hz. Abaixo disso, as vibrações podem ser sentidas pelo corpo, mas não podem ser ouvidas. Esta é a rezão por que você pode sentir o ar "vibrando" silenciosamente durante um temporal. Os sons, cujas frequências sonoras estão abaixo deste padrão são chamadas de infra-sônicas.


Similarmente, a maioria das pessoas é incapaz de detectar sons cujas frequências sejam superiores a 20.000 Hz. As crianças, em geral, podem ouvir até este limite; por exemplo, elas podem detectar os guinchos extremamente agudos de um sistema de radar sonoro de um morcego caçador, imperceptível para muitos adultos.


O limite máximo geralmente diminui com a idade, para 12.000 Hz ou menos na terceira idade. Os sons cujas frequências são extremamente altos para nossos ouvidos denominam-se ultra-sônicos.


Os sons, que você ouve, representam apenas um sumário do imenso espectro de energia sonora, que o circunda por todo o tempo - sons excessivamente pacíficos, de tom baixo ou de tom alto para os nossos ouvidos. Ainda que os seus ouvidos não possam detectar os sons dessa parte do espectro, outras partes de seu corpo podem.


O seu corpo todo, na verdade, ressoa as energias sonoras a sua volta, e liga-as, igualmente, a outras formas de energias vibracionais.


Você pode beneficiar-se disto, por meio da manipulação e desenvolvimento desses sons inaudíveis, na terapia dos sons.


Olivea Dewhurst-Maddock

A Cura pelo Som



13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page